Dicas para não sair da dieta no inverno

Sabe aquela vontade de comer alimentos mais calóricos no frio? Uma fominha incontrolável fora de hora, parece familiar? Isso acontece porque gastamos mais energia para manter a temperatura corporal normal dos dias mais frios. Durante o período de inverno a tendência é que as pessoas busquem consumir alimentos que oferecem mais energia, ou seja, os que são mais calóricos e gordurosos.

Não é só porque o corpo precisa de um pouquinho a mais energia que podemos comer alimentos não saudáveis ou de forma descontrolada. Esse gasto de energia extra é quase insignificante. Devemos manter todo o cuidado com a alimentação para não ganhar alguns quilos indesejados durante o inverno.

O frio também afeta nossa motivação para se exercitar. É só dar uma passada nas academias que ficam cheias no verão para ver como elas ficam mais vazias nesse período.

Confira algumas dicas para deixar essa preguiça de inverno de lado e se alimentar bem:

  • Dica 1: Não deixe de treinar! Vá direto do trabalho para academia, assim fica mais fácil estabelecer uma rotina. Treine pelo menos três vezes na semana. Se exercitar desencadeia as sensações de felicidade e bem estar. A tendência é que você cuide melhor de sua dieta, já que se esforçou nos exercícios.
  • Dica 2: Consuma saladas e verduras nas refeições principais; você terá saciedade por mais tempo. Se não tiver vontade de comer as saladas frias, varie consumindo estes alimentos refogados.
  • Dica 3: Faça preparações mais quentinhas e leves para o jantar, por exemplo: sopas de legumes, purês com proteína magra de acompanhamento (frango, ovo ou peixe branco), verduras refogadas, legumes cozidos, etc.
  • Dica 4: Substitua os doces por frutas assadas com canela e castanhas. Banana, pera e maçã são ótimas preparadas assim. Se desejar, acrescente um fiozinho de mel. Também podemos usar, em pequena quantidade, os chocolates 70% cacau.
  • Dica 5: Não tenha medo de comer gorduras. Inclua as gorduras boas na sua alimentação, como: abacate, óleo de coco, coco, manteiga, peixes, sementes de chia, linhaça, abóbora, girassol, oleaginosas (castanhas, amêndoas, nozes), e azeite de oliva.
  • Dica 6: Faça as refeições com carboidratos de baixo índice glicêmico, que estimulam menos a produção de insulina, por exemplo: Batata doce, arroz integral, pão 100% integral. Consuma as frutas com casca: Ameixa fresca, pera, maçã, etc. Evite ao máximo comer doces, alimentos produzidos com farinhas brancas ou açúcar.
  • Dica 7: Beba mais água ao longo do dia. Você pode usar os chás para aquecer o corpo, aumentar a hidratação e aliviar a retenção de líquidos, por exemplo: Chá de hibiscos e cavalinha, que possuem ação diurética. Nos dias de inverno a tendência é sentir menos sede e mais fome. Não deixe de beber água, se manter hidratado ajuda na manutenção dos músculos, controle da fome e no funcionamento do intestino. A recomendação é individual e pode variar muito de acordo com a idade. Para adultos a recomendação fica na média de dois a três litros por dia.

11 Comentários

  1. Oi Gente, estou fazendo uma visitinha por aqui. Gostei bastante do site, vou ver se acompanho toda semana suas postagens Gosto muito desse tipo de conteúdo um Abraço :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Não há produtos na sacola de compras.